19/07/2015 Ana Deliberador

58ºdia | ferry | 11/05/15 | Haines(Alaska)-Bellingham(Washington)

 

Almoçamos em um restaurante próximo à marina (comemos um peixe delicioso) e fomos dar uma volta por ela. A organização do deck é impressionante!                           DSCN0739Por que no Brasil não copiamos, um pouquinho que seja, de tudo isso?

Ali por perto consegui uma planta com flores minúsculas e folhas parecidas

DSCN0761 DSCN0751   com as de parreira. No barco vou colocá-la na prensa.

Não conseguimos falar com Judy Hall, autora do livro que comprei, por falta de tempo.

Com três horas de antecedência, como previsto, fomos para o embarcadouro do ferry que, pontualmente às 17h15, ancorou. Levou cerca de 2h para que todas as pessoas, veículos e cargas fossem embarcados. A moto ficou em um canto bem protegido, firmemente presa com os strapsDSCN0812DSCN0810DSCN0799_1

O ferry é muito bom. Não conheço navios grandes mas este está ótimo. Tem um restaurante à la carte e outro de fast-food.

O quarto é pequeno mas tem “todas as comodidades” como diz a propaganda.

Acho que foi a noite mais bem dormida que tive, até agora, nesta viagem. O Alaska Marine Highway System é governamental, a tripulação é de funcionários públicos, muito atenciosos e competentes. São proibidos de receber gorjetas.

A população do Alaska depende desse transporte   que é – guardadas as devidas proporções – equivalente aos nossos ônibus. Muitas pessoas  viajam em cabines mas é possível apenas pagar a passagem, se instalar em uma poltrona confortável, dormir no chão ou, até, montar barracas no deck. É muito interessante.DSCN0851

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Contato

Preencha o formulário e clique enviar